11.19.2012

Expressão de suicídio


Suicídio(do latim sui, "próprio", e caedere, "matar").
Forma eficaz para resolução da escassez de soluções.

"Acho de demasiada importância o saber de meus motivos para o ato que efeituarei." Isso estava escrito no inicio da carta de suicídio encontrada junto ao corpo.

- Com que palavras amarei-os com inexplicável volúpia, já que em toda minha vida não consegui demonstrar nem um pouco disso? Ora, nada melhor que o cheiro para enfatizar lembranças. Derramarei algumas gotas de Malbec, meu vinho preferido.

Com um impulso incalculável, derramou uma quantidade exacerbada de Malbec sobre a sua carta de suicídio, chegando a torna-la ilegível.

- Puta que pariu!

Pegou com cuidado o que ainda sobrara de sua carta, e andou calculosamente até a cozinha. Colocou-a sobre a mesa e imediatamente pegou outra folha. Sentiu-se receoso, pois, aquele pedaço de papel que viera a destruir, era um papel especial. Foi-o dado ainda quando jovem pelo seu tio, que sempre o julgava "futuro desenhista da família". O seu tio foi o único a vê seu talento com desenhos. Ele faleceu dias depois. Assassinado covardemente pelas costas. Rixas de jogo.
Mas, ele gostaria de deixar a unica visão prazerosa da vida, escrita de maneira afetuosa. Dessa vez, não derramou vinho em sua carta, pois, pensou consigo mesmo. - Irei deixar a carta destruída ao lado da nova carta, assim sentirão o cheiro do Malbec no presente do meu velho tio.- Voltou para seu quarto. Olhou fixamente para aquela Parabellum 9 mm, pistola que comprara a marginais de esquina.
Para tornar exacerbadamente grande o seu caminho florido ao ventre cardial do magnifico Malach HaMavet ¹, entregou-se a inexorável melodia de umas das canções que mais gostara, Devaneio de você, musica de um banda até então, não muito popular em sua cidade, The Aspergers².

- É, sinto que está na hora. 

Terminou de escrever os últimos agradecimentos aos entes queridos e amigos. Bebeu mais alguns goles de Malbec. Sentiu todo o espaço vazio do quarto. Olhou pela janela. - A grande existência se constrói dentro de mim. Onde estará a dor após tudo isso? Quando a bala penetrar minha cabeça, receberei o melhor dos presentes da minha vida. A morte. -, pensou consigo mesmo.
Logo, pegou a Parabellum, olhando friamente para ela. Mirou bem no centro da testa. Não esbanjava preocupação ou nervosismo. Seu dedo escorria vagarosamente até o gatilho da pistola, que já estava pronta para o disparo.

- Uma vez rei, sempre serei rei. 

Fechou os olhos...
E pressionou o gatilho.
...
tic
...
A arma falhou. Ele ficou muito puto com a porcaria que veio a comprar aos marginais. - Filhos da puta! Eu sabia que deveria ter guardado mais dinheiro para comprar uma arma melhor. -. Perdera a atenção por alguns instantes, mas voltara a permanecer decidido ao suicídio.

Fechou os olhos...
E pressionou o gatilho.
...

- Bruno Rodrigues -

¹ Anjo da Morte (em hebraico : מַלְאַךְ הַמָּוֶת Malach HaMavet), decorrente da Bíblia.
² musica e banda existentes. Eles são da cidade de Esperança, na Paraíba.



0 Deixe sua opinião:

Postar um comentário

 

© 2009Pack do Suicida | by TNB